domingo, 12 de fevereiro de 2017

HibikiCast 43 - Edição Caleidoscópio XI "Especial Ultraman" - Parte I

Ficha Técnica:
Apresentação, Gravação, Direção e Edição: Taty - Pink Hibiki
Participações Especiais (Depoimentos): Arthur Kiske, Venancio Souza, DJ Marcos Lima, Thiago Legionário, Time Pink e Lanthys
Duração: 180 min.
Edição de Imagens/Banner: Taty - Pink Hibiki (com a presença de uma Ultrafã mirim, Yuna Mesquita com seu "Leo Ring")
Download 128 Kbps ( Clicar com o botão direito opção "Salvar Como" )
Download 64 Kbps ( Clicar com o botão direito opção "Salvar Como" )

Um Alienígena Prateado que conquistou diversas gerações e ainda continua conquistando
Salve, salve, nobre nação tokufã/ultrafã! Vindo da Nebulosa M78 um especial marcante, nostálgico, envolvente e vibrante aterrissa na estação mais musical dos podcasts! O HibikiCast orgulhosamente apresenta o "Especial Ultraman" dentro da programação do Caleidoscópio, o qual chega no seu 11º programa. Escutem este programa com o coração e redescubram o potencial que há na franquia de Eiji Tsuburaya.

Parte da Família Ultra - 1ª Geração
Ultraseven no Uta, Hoshizora no Ballad, Bokura no Great, Take me Higher, Spirit e Miracle of Ultra são alguns dos temas musicais presentes neste programa. Seja também um(a) ultrafã e assista as séries da família! Ah, e não se esqueça de deixar o seu comentário!


Quer fazer contato, sugerir um tema para o HibikiCast Caleidoscópio ou pedir música? Envie-nos um e-mail (hibikicast@gmail.com) ou deixe seu comentário nesta postagem! Quer ficar por dentro das novidades do HibikiCast? Curta nossa FanPage no Facebook e acompanhe nossos lançamentos e postagens! Estamos também no Twitter e Google+ (Faça parte de nossas mídias). Visite nossos Parceiros.

E fiquem ligados porque na próxima semana temos muito mais!

3 comentários:

  1. Estou aqui pq o Kiske postou link no Facebug XD

    ResponderExcluir
  2. Fala Galera do Hibikicast,dessa vez eu vou ficar devendo um comentário mais profundo sobre Ultraman,o único que vi todo foi o Tiga na Record mesmo com a exibição medonha. Pelo menos passaram completa. Eu curti mas não a ponto de virar fã,a minha relação é de simpatia,igual com jogos da série Kingdom Hearts,que simpatizo mas sem aquela vontade de jogar.É uma coisa minha,talvez a luta de gigantes não.me atraem muito prefiro herois mais próximos dos humanos. Sobre o que foi dito concordo com relação a temas maduros,um episódio de Tiga da cantora que foi morta e ressuscitada por aliens é um que me chamou atenção,Orb também tem.Eu discordo com algumas coisas como a série ser a que mais inova,eu acho os Metal Heroes muito mais flexiveis entre todos os tokusatsu.Em relação a participação de herois anteriores ajudando as mais novas isso tem nos Riders Showa inclusive no RX onde todos os anteriores aparecem. Outra lenda urbana é essa dos Riders novos serem mais fortes,não existe nada que comprove isso,inclusive os crossovers não canonicos como Heisei vs Showa tava bem parelho. Os infinitos power ups enganam muito mas isso é pra atrair as crianças de hoje,em SH Taisen Gavan lutava pau a pau com Wizard mesmo com as centenas de aneis,e também existe respeito pelos herói mas isso depende de circustâncias como conhecimento(Zyuohger nem sabiam que eram Sentai),personalidade de personagens(Gokaiger são marrentos por serem piratas)etc. Os Ultras são uma familia então o conhecimento dos antigos heróis é mais fácil.O que faz um heroi forte não é poder ou experiencia mas sim o desejo de proteger o mundo e tanto Gaim com trocentas lock seeds quanto Ichigo com um mero Rider Kick a possuem e por isso eles são tão poderosos e isso vemos nos Ultraman novos com hospedeiros jovens como
    o padrão atual pede. Então é isso,até a próxima,um forte abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá pessoal do Hibikicast,sou novo aqui,adorei o programa, principalmente por falar do meu tokusatsu favorito que é a familia Ultra. O meu Ultra favorito das séries clássicas é o Ultraman leo e das novas o Mebius. Esse tokusatsu é incrivel, os efeitos especiais a História as lições de vida, momentos engraçados,momentos tristes e as lutas épicas. Vale muito a pena assistir. Um forte abraço pra todas as pessoas do Hibikicast.

    ResponderExcluir